quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Celular...

O ser humano e a mania do celular...

Tenho um certo preconceito quanto a celulares...

Em primeiro lugar, eles me odeiam claramente, e armam um complô contra minha pessoa tão simpática, pois não há um que não quebre ou pare de funcionar sem explicação aparente... talvez o fato e eu ser descuidada não ajude em nossa relação pessoa-celularquefunciona... mas enfim...

Por esse motivo, sempre pego o mais barato, o que faz menos coisas, e ainda assim os mais chiques me perseguem!! Uma vez, ganhei um do meu pai... tinha TV, até falava e dançava lambada... eu o usava para ligar, receber mensagens e passar vergonha! Sim!! Pois volta e meia o fidaputa resolvia (ou eu apertava um botão sem querer) monstrar uma de suas mil funções em volume máximo, e eu ficava lá, com cara de tacho, vermelha como uma pimenta, querendo acertar a cara de quem ria com o maldito!!

Mas voltando ao foco... acho que os chefes são os grandes patrocinadores dos blogs... já perceberam como eles se esforçam em serem pessoas extraordinariamente sem noção, tudo para aparecer em um post de seus colaboradores/índios?? (depois explico a história do índio!) Viram assunto a todo o momento, e são os posts mais comentados, com maiores risadas ou reconhecimento (ei! meu chefe faz igual!! kkkk)...

Juntando esses dois personagens: CELULAR e CHEFE, eu começo o assunto de hoje (hein?? ainda não começou??)

Bom, meu chefe tem o adorado (<-sarcarmo!!!) costume de me ligar, dia ou noite, faça sol ou chuva, dia de semana ou fim de semana, pra reclamar da vida dele, das injstiças do mundo (contra ele), pra contar as coisas que ele pensa (a respeito dele) e o que ele anda produzindo (coisa que, for do horário de trabalho, eu não me interesso em saber!)... até me adianta algo que irei fazer nos dias seguintes, sem nenhuma urgência...

E eu, apesar de algumas vezes oportunamente e propositalmente, não atendo o celular!

Mas muita das vezes (ok, talvez metade!) eu simplesmente não o escuto, não estou com o celular comigo, ou sequer ligado!

E o sujeito veio reclamar comigo, e ainda disse que ia me dar um celular da empresa, para eu estar disponível para essas ligações!!

Pode???

Eu posso??

Aliás, eu mereço??

Já ando com o trambolho na bolsa, ainda preciso ter dois trambolhos que me servem para quase nada???

E mais!!

No Õnibus: não atendo.
No banho: não atendo.
Comendo: não atendo (onde já se viu interromper uma coisa fantástica como comer, o prazer de se alimentar, para falar ao celular?? com quem quer que seja!!)
No pa-kua: nem levo!! Se levo, deixo desligado!
Tomando café com um amigo: não atendo. Café com amigos são para dar atenção para amigos. Fim!
No cinema: não atendo!
Lendo um livro: não atendo, mas de jeito nenhum!! Fala sério!! Você lá, no meio do suspense, e tem que parar o raciocínio para atender celular?
No metrô: não pega!
Cozinhando: nã-nã-ni-nã-não!!
Com a mão cheia de farinha, o arroz no fogo?? De jeito nenhum!!
Dormindo: faça-me o favor!!!

Tirando os momentos que o esqueço, que não carrego a bateria, que não escuto...

Sei que muitas pessoas adoram celular, adoram ser conectadas full time ao mundo, sabem mexer em cada aplicativo fantástico! Minha irmã é assim! Minha melhor amiga é assim!! Não largam o bichinho, aonde estiverem!! Acho super bacana!!!

Mas eu não sou assim!!

E só peço respeito!!

Eu gosto de ficar sozinha!! Sem conexões com o mundo... sem as pessoas poderem me achar!!

E uso o celular quando acho necessário. Eu o atendo quando posso, ou quando acho importante. E se achar que pode esperar, deixem recado!!

Não estou dizendo para as pessoas não me ligarem!! De forma alguma. Mas você liga, a pessoa não atendeu, dá pra perceber que ela está ocupada. Todos os celulares identificam chamada!! Eu vou retornar!! Jurooooo!!

Mas o meu chefe PRECISA falar comigo! Precisa?? Acho que não...

6 comentários:

Aninha Leme disse...

hummmmmmmmmmmmsss
ainda bem que vc sempre me atende! hihihihi
obaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
\o/
lero lerooo pra todos que não são atendidos pela gabitusss.
quanto ao seu chefe, ou ele é burro ou idiota. Na dúvida, os dois.

besosssssssssssssssssssss

Nádia Mara disse...

Como só duas pessoas me ligam no celular, eu sempre atendo!
E nem pergunte quem são as pessoas!
kkkkkkkk

Quanto ao seu Índio, vc precisa ver os comentários xulos que deixam no meu blog Vida de índio!
Vou começar a copiar e mandar para vc enviar ao seu querido chefinho.

kkkkkkkkkkkk

Blog do Óbvio disse...

Gabitus, seu chefe falar com você, é ruim, mas passa. Agora, dar um celular da firma...putz! Sou obrigado a andar com essa "praga" porque trabalho com assessoria. Mas não combina comigo. Meus dedos são mais largos que as teclas e após alguns meses já começa falhar tudo. Não decoro as funções dele. Só sei ligar, desligar e consultar a lista de telefones. Cansei de passar por isso:
"Pois volta e meia o fidaputa resolvia (ou eu apertava um botão sem querer) monstrar uma de suas mil funções em volume máximo, e eu ficava lá, com cara de tacho, vermelha como uma pimenta, querendo acertar a cara de quem ria com o maldito!!"
Fiquei rindo sozinho aquí ao imaginar a cara que você fez. Tinha vezes que , se tivesse um rio ou vaso sanitário por perto, eu jogaria o "praguinha" prá parar aquele som. Tem gente que vai atrás de mim em lugares de silêncio obrigatório só para ver o "mico".
Solucionei meu problema da seguinte maneira. Fui à "Feira da Barganha" aquí em Taubaté e comprei um LG que nem "chip" usa. Serve só para telefonar. Oficializei o danadinho, mandei dar uma geral na assistência técnica e uso faz uns 6 meses. Não me surpreende mais e ninguém precisa se sujeitar a me perseguir para ter um divertimento repleto de sadices, hehehe! (Gastei 30,00 com isso. Só preciso carregar bateria a cada 3 dias). Gabitus, ouví dizer que no céu não precisamos de celular. Então, tenho lutado muito para proceder direitinho e ser escolhido, na hora certa, para ir para lá. Beijos sabor telecomunicação móvel. Manoel.

Gabitus disse...

hahhahahaha...

acho que devia ter nascido há uns 50 anos atrás... não sirvo para esse mundo corporativo!! hahahahahah....

Beeeeeijos

Pedrita disse...

o celular ajuda muito, eu posso bater perna pq ele está sempre comigo. mas concordo. tem gente q abusa. eu compro com os pontos das promoçoes, troco de vez em qd, mas só uso igualmente o básico. o q mais me irrita é quem ama torpedos. eu não tenho paciência de ficar escrevendo, e se só querem assim aí complica. e em cinemas acho um absurdo quem deixa no sem som e fica toda hora olhando ou lendo torpedos, eu mando desligar. eu sempre falo, há pouco tempo não era todo mundo q tinha telefone em casa, todo mundo esperava pra dar os recados, deviam lembrar disso e ser mais economicos. muito do q querem ler ou escrever, falar, pode esperar pra amanhã. urgente é sempre urgente. muito pode deixar pro outro dia. beijos, pedrita

Mel disse...

Eu ADORO celular, tecnologia e afins... mas não dá mesmo pra ficar grudadinha o tempo todo né!
Concordo que todas essas horas que vc não quer atender, eu tb não quero (exceto na hora da comida, já que não cozinho hihihihi)
Esse seu último celular até que tá durando né???
beijos