quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Em defesa das orcas!!

Hoje saiu no jornal uma reportagem da morte de uma treinadora por uma orca, no SeaWorld, em Orlando.

Texto extenso, blá, blá, blá, inquéritos, horror, etc, etc....

Será que é muita frieza de minha parte achar que isso é um acidente normal de trabalho?? Será que é pior ainda meu pensamento de que, se você pega um animal de 10 metros e coloca em um tanque para ficar pulando em determinados horários para alegrar pessoinhas, o animal não tem direito de se revoltar?? Ele assinou algum contrato de trabalho?? Ele ganha salário? Ganha peixe?? Bah!! Tem aos montes no mar!! Isso não é pagamento.

Pode ser meu lado eco-chato dando as caras por aqui novamente, mas uma orca tem o direito de se revoltar!! Eu não tenho, pois assinei meu contrato e estou aqui por vontade própria, apesar de sem vontade!! É uma troca: paciência x salário!! Agora, o bichinho não é consciente dessa troca! Ele nem pediu por ela!! Nem concordou!!

E a treinadora que me desculpe, mas se não quer ser agarrada pela cintura por um animal selvagem de algumas toneladas em cativeiro, que vá trabalhar no correio vendendo selos, onde sua vida corre menos risco!!

Agora a polícia resolver abrir um inquérito!! O que vão fazer?? Prender a orca?? Ha-ha!

Humpf!!

3 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gabi, pode estar certa que vão fazer uma CPI para a gente esquecer aqueles casos de Brasília, hehehe!
Concordo em gênero e número com você, mesmo porque Orca não é um animal doméstico e, pelo que sei, é imprevisível. Não se pode confiar em treinamentos para os não domésticos. Enfim...
Beijos selvagens. Manoel.

AL. disse...

Gabitus,
vc tem toda e absoluta razão!
no máximo foi um crime culposo. Ela tinha a intenção de brincar, oras, mas ela tem um corpão avantajado e acabou amassando a treinadora até a morte hahahaha
poor!

besosssssssssss

Sheyna A. A. disse...

Não duvide! Mais fácil do que prenderem quem realmente merece, como N políticos soltos por aí...