segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Propósito...

Estou um pouco chateada... uma pessoa muito bacana me ofereceu ajuda sobre algumas questões, em um momento de "férias" dela, e eu não tive tempo de conversar com ela, de trocar algumas palavras, sequer de agradecer e demonstrar o quanto isso foi importante para mim, alguém utilizar um tempo de sua vida (que deve ser muito corrida!) para mim!!!

Isso me chateia, pois percebo que não fiz isso só com essa pessoa: estou fazendo com todos!! Estou negligenciando tudo que assumo como importante na minha vida, tudo por uma escolha errada!!

Minha vida anda, ou melhor, corre, de tal forma que estou envolta em uma bola de neve, rolando ladeira abaixo (não no Brasil, claro, senão ela já teria derretido com esse calor!!) e é final de ano, olho para trás mais uma vez, e o que vejo??

Vejo amigos que queria ter ligado para dizer um oi, perguntar como estão, tomar uma cerveja... e não fiz! Vejo meus avós, que queria ter visto mais, e só fui para a cidade deles duas vezes este ano. Vejo meus pais, que agora estão na mesma cidade que eu, e mal falo com eles, talvez uma vez por mês!! Vejo minha irmã, que mora na mesma casa que eu, e que eu troco três palavras, quando nos vemos em um dia!! Vejo meu namorado, que até passa bastante tempo comigo, mas porque me acompanha em minhas tarefas (fazer feira, supermercado, limpar geladeira)... isto é, ele está junto, mas não estamos namorando nesses momentos!! Vejo a família do meu namorado, tão distante, e penso quando serão pessoas queridas para mim, quando terei oportunidade de conhecê-los melhor, de conviver com eles, pois não acho tempo! Vejo minha professora de inglês que, tamanho meu cansaço, esqueço que dia da semana é, e que tenho inglês... mas esqueço completamente!! Vejo minha arte marcial que, de três vezes por semana, agora faço uma (aos sábados, e é claro, o namorado fica esperando...), e mal consigo ter qualidade nisso... Vejo amigas grávidas que ontem disseram "estou grávida!", hoje já sabem o sexo da criança, e daqui a pouco já estarão nascendo... me pergunto: terei tempo de conhecer essa criança?? Penso no que eu como, que tem a pior qualidade do mundo, porque não consigo parar, preparar algo para comer, sentar e apreciar o que estou ingerindo!Vejo noites em claro, pensando, e dias cansados por uma noite mal dormida. Vejo carros parados ao meu redor, e eu, de tênis, indo embora para casa e pé. Vejo meu cérebro tentando esquecer as abobrinhas e insultos que recebo diariamente, e tentando lembrar o quão inteligente sou. Mas ele se esquece.... Vejo a pilha de livros na cabeceira da minha cama, na minha escrivaninha, no banco da sala, que eu gostaria de estar lendo, mas quando?? Vejo os vinhos que tomei, mas não lembro o gosto de nenhum deles, nem sei dizer qual prefiro, qual adoro, e qual não compraria de novo...

Hoje estou pensando em um propósito para minha vida.

Espero amanhã ter planos mais concretos e esperança para mudar isso, que chamo de vida, mas que na verdade é uma existência vazia, sem qualidade, sem perspectivas.

Espero poder estar mais presente na vida das pessoas que me são valiosas, e que essa presença tenha qualidade, que fique na minha memória, que faça diferença, que não seja apenas uma presença vazia...

Resolução de ano novo adiantada: quero viver no ano que vem!!

7 comentários:

Nádia Mara disse...

Gabitus,

Você é linda e nunca será uma presença vazia!

É só uma fase "negra", vai passar.

beijos

Blog do Óbvio disse...

Gabitus, por tudo o que você escreveu e por todas as "dívidas" para com os amigos, no seu sub-consciente você sabe que não é uma "presença vazia".
Veja que interessante. Eu não a conheço. Conheço apenas o que você escreve nas postagens e nos comentários. Conheço através das citações de suas amigas e também através das reações que tem diante dos comentários que fazemos. Veja como isso é tão pouco e, no entanto, eu passo todos os dias no Blá para ver se tem alguma coisa para eu ler. Então, por que será que faço isso? Estaria eu "apaixonado" por você? (kkkkk! seria muito hilário).
Estaria eu fazendo campanha política e fiquei impressionado com sua liderança e resolvi fazer uma média no seu blog??!!
Tudo bobagem, né Gabitus. O que ocorre é que temos uma certa química por procurar coisas boas, pessoas sinceras e interessantes e acabamos por nos identificar como "amigos virtuais". Conforme as oportunidades da vida até venhamos nos conhecer, ao vivo e a cores, um dia. Mesmo com esse pouco conhecimento acho que posso dizer a você que o que vem ocorrendo é uma cobrança muito grande de você sobre sua pessoa. Seus verdadeiros amigos não estão preocupados com o ritual de agradecimentos, telefonemas, bilhetinhos mandando beijokas, ... Eles querem muito é que você esteja bem. Que você se ame muito, mas muito mesmo, para sobrar um pouquinho e você distribuir para eles. Quando a gente não está se amando, não sobra para dar aos outros que amamos. Não mexa em nada de sua vida. Não adianta, pois cada coisa que você mudar vai dar mais trabalho e preocupação. E ainda a postura anterior vai ficar pendente. Isso é aquele início de "bola de neve" que você falou.
Apenas ame-se muito e não é hora de se preocupar com os outros. Ninguém vai reparar e já estão "bem grandinhos" para ficarem sujeitos a charminhos, né?
Relax and go ahead! Tudo vai dar certo. Beijos de sincera amizade virtual. Manoel.

CARLA ROCHA disse...

Querida, mude a data: não espere o próximo ano, o tempo é hoje!!! VIVA!!!! E VIVA!!!! Beijo grande

Gabitus disse...

Nádia, obrigada!! Você é um anjo que faz um patê de cenoura fantástico!! Hahahaha...

Gabitus disse...

Manoel,

obrigada pelas palavras... acho que me preocupo demais com tudo isso, e isso dá mais trabalho do que simplesmente viver!!

Por isso, deixo claro aos meu amigos (inclusive os virtuais), minha família e meu namorado: amo muito vocês!1 Qualquer dia eu ligo!! hehehehe...

Manoel, acho que devia largar a carreira de engenheiro (acertei, né?) e virar psicólogo!! Você entende tanto das vidas, das pessoas, e tem tanto talento para palavras bonitas!!

Muito obrigada, meu amigo-terapeuta-virtual!! Hahhahahaha...

Beijos!

Gabitus disse...

Carla,

é verdade!! Pra que deixar pra amanhã, ou pro ano que vem, né??

Beijos!!

Aninha Leme disse...

lenhadora
vc é extremamente presente na minha vida, então acho que jamais poderia reclamar disso.
quanto às outras amizades... bem, existem outras maneiras de se fazer presente. Talvez emails, um café rápido num final de semana... não precisamos de grandes eventos para ver pessoas queridas.
quanto aos seus avós, eu sei que duas vezes por ano é pouco, mas é mais do que eu consigo ver os meus :-(
enfim, não se cobre tanto.
Não deu tempo? email, telefone, carta. sei lá.
e não se esqueça de que os outros tb tem que se esforçar.
hunfs

besosss