terça-feira, 22 de setembro de 2009

a fila...

Estava eu, toda entediada lendo meu livro, equilibrando um guarda-chuva, na fila da Ponte Orca, na ponte da Cidade Universitária.

Para os desavisados ou sortudos (que nunca tiveram que pegá-la!) a Orca é um sistema de vans que conectam o Metrô Vila Madalena à estação de trem Cidade Universitária.

Por estar em reforma há alguns anos, a via sacra é a seguinte: sai do trem (ou é levada pela enxurrada de pessoas?), anda por um acesso desses tipo construção por cima da marginal (está em reforma, lembram?), sobe para a ponte, desce a escada até a marginal, dá a volta pela alça e tã-rã-rã!!!!

Mas a fila começa em cima da ponte...

Bom, após introdução ao nosso adorável sistema de tranporte público (não tão público assim, pois pagamos, e não é pouco!), vem A FILA!!!!

E estava eu, toda entediada, blá, blá, blá....

15 minutos depois, 5 metros a frente, estava eu, toda entediada, lendo um livro, etc, etc...

Aí, eis que surge uma garota e se coloca ao meu lado. Eu olho, faço cara de dúvida, olho para os lado, tento explodí-la com a mente, e nada dela se tocar e sair de lá... chego pro cara atrás e pergunto: essa cidadã está com você?... ao que ele reposde: não!, perguntamos para a senhora à nossa frente! E ela: não, imagina!! E aí o sangue ferveu, eu segurei os 357 palavrões que estavam de saída e disse (ainda educadamente): minha querida, está todo mundo nessa fila, tomando chuva, e você é A ESPERTA que vai entrar na frente de todo mundo??? Negativo!! Sai pra lá, jacaré!! Se joga no Pinheiros!!

A f.d.p. não sai!! O cara de trás: Você é parente do Sarney? Porque é de uma cara de pau!! deve ser filha....

Vocês acreditam que a tosca chamou ele de mal-educado???

Caí na gargalhada, comecei a gritar que era ela que não tinha educação, comunicamos ao moço do trem que ela estava furando fila, começamos a fazer um vuco-vuco que a fila inteira se indignou e esculachou a filha do Sarney.... e ela ainda saiu xingando, pode???

E eu pergunto (perguntei pra ela ontem também!) onde vai parar esse país, com esse povo sem educação??

7 comentários:

Mel disse...

Hum... vai ficar onde ele está atualmente e onde sempre esteve?
Frase típica: é por isso que esse mundo não vai pra frente mesmo!!!

Diego Borges disse...

Nem me fale em fila, quando se vai marcar exame aqui nos postos de saúde é um suplicio e ainda aparece esse tipo de ser pra deixar o ceu carregado rsrs
um abraço !!!

♥ Driii ♥ disse...

O-de-io furadores de fil, Gabitus....
Odeiooooooooooooo.....

Isadhora disse...

Gente!!
Aconteceu exatamente o mesmo comigo essa semana!!!!!!!!!
mas era um velho safado!!!!
e a mulher que estava atrás de mim chamou ele de mal educado mas deixou ele entrar na frente dela (pq na minha frente ele nao entrava) pq ela disse assim: "é assim que a gente leva um tiro... deixa ele passar"

Nao sei quem é mais tosco... o furão ou a tonta!

Detalhe: o cara se fingiu de surdo pq ele ouviu a gente falando mal dele e cagou e andou pra nós...

afffffff

Blog do Óbvio disse...

Gabitus, em minhas andanças de trabalho por esse Brasil, tenho visto muito isso. Quem age assim é uma pessoa escolada. Ela não é cara de pau. O cara de páu até é engraçado, mas o escolado usa como meio de vida. Acha que todo mundo é trouxa e até enfrenta quem reclama de sua postura. Com isso inibe a "torcida" e consegue o que quer. Já participei de situações que tivemos que chamar a polícia porque deu muita confusão (e o cara não foi embora e nem preso hehehe!). Agora quando pinta um "enrosco" desses fico só olhando e tento me divertir porque senão o sangue sobe muuuito!
Cuidado para ientificar quem é cara de pau e quem fez escola de malandragem. O segundo pode ser perigoso e não tem nada a perder. São os mesmos que provocam brigas em estádios com o objetivo só de brigar e criar confusão. São "empregados" da malandragem.
Beijos entrouxados. Manoel.

Déia disse...

É incrível, como as pessoas estão erradas e ainda xingam a gente!

Comigo acontece direto, pois eu também não me calo diante das injustiças.. rs

Só tenho medo de um dia ainda levar um tiro... ou uma esquichada de água na cara, cada vez que reclamo, qdo vejo alguem varrendo uma mísera folhinha com a água...: - Minha filha, vc n está vendo que a água do planeta está acabando? Custa varrer com a vassoura? kkkkk

Certamente a mulher se enfuresse kkkkk e eu saio andando...calma, mas morrendo de medo da esguichada kkkkkkk

bjs

Aninha Leme disse...

meu DEUSSSSSSSSSS
sou sua fã desde criancinha, vc sabe disso, né?
ainda tenho muito que aprender com vc!
que lógica! que raciocínio!
adoroooooooooooooooooooooo

besoss